Minha Área

Vizinho do trabalho

6 de Agosto de 2013

Publicado em Home-office por Minha Área | Nenhum comentário

Working home é ideal para quem quer estar a alguns passos do escritório, mas regras também são necessárias

Você quer trabalhar em casa, mas ainda não está certo sobre ter que passar todas as horas do dia exatamente no mesmo local. Uma sugestão, especialmente para quem está pensando em investir na ideia, é avaliar os empreendimentos conhecidos como working home. Nestes condomínios as unidades são divididas em espaços residenciais e de trabalho, contando com entradas diferentes para cada área.

“Esse tipo de empreendimento pode proporcionar diversos benefícios aos profissionais, como melhor qualidade de vida, ganho no deslocamento, maior convivência com a família e flexibilidade para gerenciar o tempo. Além disso, há os que conseguem desenvolver melhor sua criatividade em um ambiente mais tranquilo e sem pressão, aumentando sua produtividade”, avalia Luis Testa, diretor de marketing da Catho.

Estar a alguns metros do trabalho e contar com uma divisão organizada entre o que é domicílio e o que é escritório pode ser muito bom, mas ainda assim é preciso aprender a administrar o tempo para o sonho não se tornar pesadelo.

“O primeiro passo é ter uma agenda e saber se organizar para cumpri-la”, aconselha a consultora de RH Cíntia Bortotto. Muitas vezes, por estar ao lado de casa, as dificuldades para gerenciar os  horários que separam a vida pessoal da vida profissional aumentam, o que pode se aproximar da rotina vivida por muitas pessoas que trabalham por meio de um home-office tradicional.

Limites são necessários

Também é preciso entrar em acordo com a família. Não é porque o profissional trabalha ao lado que ele está disponível o tempo todo.

“No começo será difícil para eles entenderem. Dentro do seu espaço profissional e de seu horário de trabalho, sua esposa ou marido, seus filhos e os demais parentes terão que fazer de conta que você não está. Comunique a eles sua nova rotina e o que espera deles daí em diante”, aconselha Testa.

Também é preciso estabelecer limites com os clientes e parceiros de trabalho, afinal, eles também precisam entender que o fato de morar ao lado do trabalho não significa que você estará disponível 24 horas por dia. Neste item, o ideal é, inclusive, usar uma linha de telefone específica para o escritório.

“Não é legal usar a mesma linha. Se tocar no escritório e for um assunto profissional pode ser que alguém da casa atenda e isso pode passar uma imagem muito informal sobre seu trabalho”, diz a consultora.

E como segurança nunca é demais, ela também aconselha “filtrar” as pessoas que terão acesso ao escritório.

“Tendo em vista os últimos acontecimentos, a medida mais adequada é ter uma filtragem logo na portaria e sempre priorizar o atendimento para conhecidos.”

Dia a dia seguro

  • Condomínios normalmente contam com câmeras e alarmes, mas se não houver vale a pena sugerir o uso
  • Clientes e funcionários que estejam visitando o empreendimento por motivos profissionais devem sempre acessar a unidade pela portaria designada
  • Crie uma lista de pessoas que visitarão o prédio ao longo do dia por motivos profissionais
  • Não misture as coisas e fortaleça a segurança. Não é preciso contar a todos que sua residência fica bem ao lado do escritório

Tags: , ,

Deixe um comentário

Tem de ter a sessão iniciada para publicar um comentário.

Minha Área - 2012 - Todos os direitos reservados.

Hotvia