Minha Área

Ventinho que refresca

16 de Dezembro de 2014

Publicado em Manutenção por Minha Área | Nenhum comentário

A época mais quente do ano geralmente requer a ajuda de ventiladores que, para funcionar bem, precisam de cuidados

Com a chegada do verão, o ventilador se torna um utensílio fundamental em qualquer residência. Ainda que o apartamento conte com ar-condicionado ou umidificadores, em alguns momentos é o bom e tradicional ventilador que acaba sendo usado, por isso vale a pena prestar atenção em alguns cuidados que farão com que ele dure mais e funcione sempre bem.

Existem diversos modelos de ventiladores, que variam dos bem pequenos, portáteis, aos bem grandes, de teto. Cada um deles merece uma atenção diferente.

Os ventiladores de teto podem oferecer a opção de inversão de rotação, permitindo o resfriamento nos dias quentes e mantendo um clima ameno quando está frio. Como requerem uma instalação especial, os cuidados devem começar nesta fase.

“O local onde ele será instalado deve suportar uma carga mínima de 25 quilos, e a instalação deverá ser feita por um profissional do setor, que certificará se as peças estão devidamente colocadas, evitando problemas futuros”, conta o técnico em instalação e manutenção de ventiladores José Carlos Magioni.

Ele também explica que ventiladores de teto devem receber manutenção preventiva semestral. “No caso desses modelos, é importante manter atenção aos barulhos, observar se eles estão balançando ou se as pás estão bem presas. Qualquer queda pode ser perigosa”, finaliza.

Menores e mais simples

Já os ventiladores portáteis acabam sendo uma opção mais prática, pois podem ser levados para qualquer lugar, não precisam de instalação e não oferecem perigo de queda como os de teto. A atenção deve se focar ao sistema giratório. O ideal é que contem com algum tipo de proteção.

“Os ventiladores menores não precisam de manutenção ou observação especial. Eles são simples, basta ter cuidado no manuseio ao trocá-lo de um lugar para outro. Já os maiores, assim como os verticais, necessitam de alguma atenção extra, como a inserção de óleo e antiferrugem, limpeza frequente e observação quanto ao suporte e parafusos que o sustentam”, explica o técnico José Carlos.

Escolha requer análise

A enfermeira Angélica Ticianelli tem ventilador de teto em seu quarto, mas não o utiliza, pois assim que mudou para a atual residência ele já apresentava defeitos. “Quando me mudei, o ventilador já estava instalado, mas ele balança muito e faz barulhos estranhos. Tenho a sensação de que ele vai cair a qualquer momento. O resultado é que nunca usei por medo e, ao mesmo tempo, nem me lembro de chamar alguém para arrumar, acabo usando os ventiladores portáteis comuns”, conta.

Para não correr o risco do calor chegar e não ter o acessório certo para ajudar a refrescar o apartamento, vale a pena prestar atenção nas escolhas, tomar os cuidados necessários e realizar manutenção se preciso.

Bons ventos

  • Quem quer um ventilador de teto para refrescar o ambiente deve se focar especialmente na instalação. O ideal é que seja feita por um profissional especializado
  • É importante prestar atenção em barulhos estranhos e movimentos, pois a queda de um destes aparelhos pode ser muito perigosa caso haja alguém embaixo
  • Ventiladores verticais precisam de limpeza frequente e, dependendo do caso, inserção de óleo antiferrugem
  •  Os portáteis são simples e fáceis de transportar. É só tomar cuidado com os sistema giratório que, se não tiver proteção, pode oferecer risco para crianças especialmente

Tags: , ,

Deixe um comentário

Tem de ter a sessão iniciada para publicar um comentário.

Minha Área - 2012 - Todos os direitos reservados.

Hotvia