Minha Área

Tecnologia ideal

21 de Março de 2014

Publicado em Home-office por Minha Área | Nenhum comentário

Descubra qual é o computador ou o equipamento mais adequado para o tipo de trabalho que você realiza em casa

A tecnologia está sempre em evolução e fica cada vez mais difícil escolher a opção mais adequada de computador para o home-office. Para auxiliar na escolha, conheça as vantagens e desvantagens das opções mais utilizadas.

Desktops – Também conhecidos como computadores de mesa, eles são formados por vários componentes: teclado, mouse, gabinete e demais periféricos.

“Suas principais vantagens são o baixo custo das peças e da manutenção, a facilidade de atualização e o desempenho em geral melhor do que o dos notebooks”, explica Vladimir Magalhães, técnico em rede de computadores.

Entre as desvantagens está o fato de ocuparem um espaço muito maior (o que pode ser complicado em um apartamento muito pequeno), o alto consumo de energia, os muitos cabos espalhados atrás do rack e a difícil portabilidade, já que não é possível ficar levando o computador para todo lado.

Notebooks – São praticamente desktops portáteis. Geralmente possuem drive de CD/DVD ou Blu-Ray e quase a mesma potência dos computadores de mesa. Sua principal vantagem é rodar praticamente todos os programas de um desktop, mas com um tamanho bem reduzido, o que facilita para quem trabalha em casa, mas tem pouco espaço.

Ele também não precisa estar ligado 24 horas por dia e não tem uma quantidade grande de fios como desktops costumam ter.

Os notebooks são os preferidos do técnico de produção Jadson de Araújo, que só vê como desvantagem o fato de que nem sempre é possível encontrar modelos com uma boa configuração para usos específicos.

“Além disso, a manutenção geralmente tem que ser feita por um técnico especializado, mas mesmo assim não abro mão do meu para trabalhar”.

Tablets – Outra opção para quem trabalha em casa, não precisa de configurações complexas e gostaria de uma máquina portátil e versátil, são os tablets.

Considerados pequenos computadores sem teclado ou mouse, mas com tela touchscreen, a principal diferença entre eles e os notebooks é que os primeiros são baseados em processadores ARM, com sistemas operacionais parecidos com os de celulares, enquanto os notebooks são baseados em processadores x86.

“Esses processadores é que permitem instalar o Windows, o Linux e rodar programas para essas plataformas”, explica Magalhães.

Além do tamanho reduzido e do touschscreen, outras vantagens dos tablets são a boa duração da bateria, a facilidade de uso e a portabilidade. Por outro lado, é impossível realizar upgrades nas peças internas, mudar de sistema operacional ou instalar programas feitos para PCs.

A escolha, portanto, vai depender do tipo de trabalho a ser realizado em casa, do espaço e da necessidade de portabilidade dentro do ambiente. Se você só precisa de algo para entrar na internet e responder e-mails, um tablet pode servir. Mas conforme as necessidades aumentam, é preciso fazer outras considerações.

Outras opções

-> AIO ou All-in-One – Nome dado ao computador que tem todos os seus componentes montados em uma peça só e voltados para pessoas que não precisam tanto de um computador portátil, mas que são organizadas e não gostam daquele monte de cabos espalhados pelo home-office

-> Netbooks – São menores e mais leves que os notebooks, têm uma excelente duração de bateria e preço baixo, mas infelizmente não possuem drive para CD ou DVD, e seu desempenho, talvez pelo tamanho, é comprometido

-> Smartphone – Telefone com múltiplas funções e que funciona como um minitablet. Alguns smartphones, além da tela touchscreeen, também possuem um teclado virtual e são perfeitos para quem deseja e precisa ter um telefone celular e não abre mão de estar sempre conectado à internet


Tags: , , , ,

Deixe um comentário

Tem de ter a sessão iniciada para publicar um comentário.

Minha Área - 2012 - Todos os direitos reservados.

Hotvia