Minha Área

Nem só para ler servem os livros

3 de Setembro de 2015

Publicado em Arquitetura e Decoração por Minha Área | Nenhum comentário

Fora da clausura das estantes, eles hoje se espalham pelos espaços íntimos e de convivência dos apartamentos

Se um tempo atrás os livros eram guardados e expostos apenas em estantes, hoje cada vez mais saem das prateleiras e ganham destaque nos diversos ambientes da residência. Independentemente do conteúdo, os livros podem dar um ar requintado ou alegre à decoração.

Livros

De acordo com o arquiteto Bruno Gap, não existe regra na hora de dispor os livros na mesa de centro de um living, basta seguir uma proporção. Mesas muito grandes requerem livros maiores e em maior quantidade. “Colocar dois ou três livros, um em cima do outro, cria um volume, e as cores se mesclam como se fosse um único objeto”, explica o arquiteto.

Livros mais grossos e maiores merecem destaque sozinhos, não precisam de outros em cima, mas podem receber objetos de valor afetivo ou que tenham um componente estético agregado, como obras de arte, esculturas e vasos de Murano.

Imagens e cores

Exemplares com capas fotográficas criam um efeito interessante de obra de arte e valorizam a decoração. Quanto às cores, valem as que já foram utilizadas no ambiente e todas as suas variações de tonalidade, assim tudo ficará mais harmônico. Os livros com a mesma cor da mesa desaparecem, perdem o sentido e devem ser evitados, principalmente os livros brancos sobre mesas brancas.

“Já o vidro é um material que permite o uso de qualquer cor de livro. Explore e ouse tendo em vista toda a ambientação já existente em sua casa”, orienta Gap.

Composição criativa

Quando se trata de fazer uma composição com livros em mesas de centro, o arquiteto Fernando Piva costuma utilizar de um a quatro exemplares, brincando com o ‘horizontal’ e ‘vertical’, o que ajuda muito no efeito. “Para arrematar, gosto de compor com vasos, caixinhas, bowls, velas e castiçais”, conta.

Conhecida pela ousadia em seus projetos de interiores, a arquiteta Brunete Fraccaroli argumenta que não existe uma maneira, mas sim um contexto onde o livro se adapta de uma forma harmônica para deixar os ambientes mais alegres.

Os livros podem ser dispostos em diferentes posições, misturados ou ordenados por cores e tamanhos. “Eles podem ser combinados com apoios de outros livros, objetos de prata e, ainda, com algo que tenha algum significado para os moradores, como uma forma de trazer um pouco do interesse de cada um para o dia a dia da residência”, explica a arquiteta.

Dicas e cuidados

  • Exemplares de gêneros como moda, arte, viagens e automóveis de luxo são alguns que possuem lindas capas e podem ganhar destaque na decoração.
  • Use os livros de culinária na cozinha, empilhados sobre a bancada, em cima da mesa ou mesmo em uma prateleira. Para completar disponha vasinhos de temperos no topo da pilha.
  • Existem diversos e criativos modelos de aparadores para livros que, além de serem práticos, também trazem um charme a mais para a ambientação.
  • Para conservá-los em bom estado, os livros não devem receber incidência direta de sol ou calor excessivo. Para evitar a umidade, mantenha os volumes em locais arejados e com boa iluminação.
  • Com frequência, elimine o acúmulo de poeira com o uso de um pano seco ou espanador.

          Imagem: Blogspot O Lado de Cá


Tags: , , ,

Deixe um comentário

Tem de ter a sessão iniciada para publicar um comentário.

Minha Área - 2012 - Todos os direitos reservados.

Hotvia