Minha Área

Fiquei preso no elevador. E agora?

18 de Novembro de 2015

Publicado em Comportamento por Minha Área | Nenhum comentário

Não é preciso entrar em pânico. Basta manter a calma e seguir alguns procedimentos para se safar da situação

Você já ficou preso em algum dos elevadores do condomínio? Teme que ele fique parado entre dois andares e você tenha que aguardar socorro? O que fazer numa situação dessas? Como andar e subir pelo elevador é algo recorrente em condomínios verticais, vale a pena conhecer os procedimentos e manter a calma.
preso-no-elevador

De acordo com Wanessa Andrade Rodrigues Skamorauskas, cabo PM do Corpo de Bombeiros do Estado de São Paulo, não há motivo para pânico. “A cabine de um elevador é considerada um local seguro, com entradas de ar e sistemas de segurança que impedem a queda.” Mas como a situação nunca é agradável, não custa nada prevenir ou remediar da melhor maneira.

Evitando riscos – A primeira dica para evitar transtornos relacionados ao elevador é observar, antes de entrar, se a cabine está no andar correto ou se existe a formação de um degrau entre a cabine e o piso. Isto pode ser um sinal de que o elevador está com algum problema.

Outro ponto importante é prestar atenção às crianças, suas mãos, mochilas e objetos. Crianças menores de dez anos não devem utilizar os elevadores desacompanhadas de um adulto, pois apesar de até possuírem capacidade para operar corretamente, em situações de pane no equipamento, elas podem ficar muito assustadas e a situação se complicar.

Os donos de animais de estimação também devem ficar atentos às coleiras para que não fiquem presas na porta do elevador, causando risco, inclusive, de sufocamento do animal caso sejam puxadas para cima.

E quando o pior acontece? – De acordo com Olga Antunes, funcionária da empresa Primac, quando o elevador parar fora do andar correto ou parar de surpresa, o usuário deve manter a calma e acionar o botão de alarme para atrair a atenção.

Também pode utilizar o interfone para chamar a empresa responsável pela manutenção ou o Corpo de Bombeiros (193). “Depois é só aguardar com serenidade a chegada do resgate seguro”, explica.

Algo que nunca se deve fazer é tentar interromper o fechamento das portas com as mãos, pés ou objetos. Também nunca se deve tentar sair do elevador por conta própria, pois no caso do equipamento voltar a funcionar de repente, a vida do usuário é colocada em risco. Aguardar ajuda e manter a calma são, portanto, as melhores coisas a se fazer.

Para subir e descer numa boa

  • Deve-se evitar excesso de peso ou brincadeiras no interior da cabine que causem balanço ou solavanco, pois tais ações podem parar o elevador

  • A segurança do elevador depende de uma manutenção mensa

  • Para que ocorra o bom funcionamento do interfone da cabine é preciso testá-lo periodicamente

  • Deve haver iluminação de emergência. Se o morador notar algum problema, deve informar imediatamente à portaria, ao zelador ou ao síndico, para que seja feito reparo

  • Caso haja problema relacionado a espaços entre o degrau do elevador e o andar, por exemplo, o morador também deve avisar imediatamente

  • Uma queda de energia pode causar a parada de um elevador. Neste caso o recomendável também é acionar o botão de alarme ou pedir ajuda pelo interfone, e nunca tentar sair sozinho


Tags: , , , , ,

Deixe um comentário

Tem de ter a sessão iniciada para publicar um comentário.

Minha Área - 2012 - Todos os direitos reservados.

Hotvia