Minha Área

Como usar o 13º salário?

27 de Novembro de 2012

Publicado em Meu bolso por Minha Área | Nenhum comentário

Pagamento de contas e reserva para gastos do ano novo devem ser prioridade

Fim de ano é a época onde muitos recebem uma renda extra com o 13º salário, sendo possível concretizar vários planos financeiros. Mas nem todo mundo sabe que é preciso utilizar bem este dinheiro para que o reflexo no orçamento seja o mais positivo possível.

O educador financeiro André Massaro explica que existem certas categorias de contas que devem ficar no topo da lista “o que fazer com o 13º”. “Existem prioridades, e é preciso aproveitar esse dinheiro extra para cuidar de contas que têm mais peso no orçamento”, orienta. Por isso, cuidado com o ímpeto de usar o 13º para bancar o Papai Noel se existem outras obrigações mais urgentes pendentes. As compras são a última coisa a ser feita com esse dinheiro – a não ser para a categoria de felizardos que estão com todas as contas em dia.

Pague as dívidas em primeiro lugar

Se você faz compras a prazo e se atrapalha na hora de calcular o quanto essas dívidas vão somar, certamente já chegou a um ponto em que seus débitos se tornaram maiores do que você esperava.

Ter o 13º em mãos é a oportunidade ideal para equilibrar essa situação. “Quem está endividado deve usar o 13º para pagar dívidas. Especialmente as mais caras, como cartão de crédito e cheque especial. Elas têm um custo muito alto e se a pessoa não aliviar a dívida, ela pode até triplicar por causa das taxas de juros”, diz Massaro. E mesmo que todas as dívidas não sejam cobertas pelo 13º é importante zerá-las o quanto for possível. Isso já ajuda a entrar no ano novo com menos aperto na carteira.

Gastos equilibrados

Quem não possui nenhuma dívida está em uma situação mais confortável e pode usar o 13º para outros fins sem medo de colocar em risco sua saúde financeira. “Depois do pagamento de dívidas, o mais importante é fazer uma reserva financeira para as contas que virão no começo do ano, como IPTU e compra de material escolar”, explica o consultor.

Quem tem uma poupança ou investe em algum fundo pode aproveitar o dinheiro a mais para dar uma incrementada no investimento. E, solucionados os gastos mais urgentes, é também hora de comprar. “Quem está mais folgado pode usar o dinheiro para consumo, comprar presentes e viajar sem culpa”, afirma Massaro.

Fazer uma boa pesquisa de preços ajuda a usar bem o dinheiro. E para começar o ano novo com o pé direito vale fazer um planejamento financeiro, assim o 13º do próximo ano poderá ser utilizado de um jeito ainda melhor.


Tags: , , ,

Deixe um comentário

Tem de ter a sessão iniciada para publicar um comentário.

Minha Área - 2012 - Todos os direitos reservados.

Hotvia