Minha Área

Antigo, mas econômico e eficiente

11 de Junho de 2015

Publicado em Manutenção por Minha Área | Nenhum comentário

Visto por muitos como ultrapassado, o filtro de barro purifica a água sem gastar energia. Requer, porém, alguns cuidados

Eles eram muito comuns nas residências antigas e passaram a ser substituídos pelos modelos novos especialmente a partir da década de 1990. Mas, se ter um filtro de barro em casa poderia ser considerado ultrapassado até pouco tempo atrás, com a crise hídrica o item voltou à ativa, já que pode ser uma opção simples e prática para se guardar água potável e não gastar energia.

Ficou interessado em comprar um para o seu apartamento? Saiba como cuidar bem dele, para que preserve a qualidade da água e dure por mais tempo.

Líquido livre de impurezas

Segundo uma pesquisa publicada no livro “The Drinks Water Book”, o filtro de barro ainda é um dos mais eficientes com relação à purificação de água e retenção de componentes químicos maléficos à saúde. Isso porque em seu sistema de filtragem, a água passa lentamente pelo filtro, gotejando aos poucos no reservatório e fazendo com que a pressão exercida pelo fluxo de água seja maior, assim como a retenção dos micro-organismos e sedimentos.

Flávio Donizete da Silva é técnico químico e gerente em uma empresa de filtros. Ele explica que, apesar da eficiência natural do filtro de barro, é importante lembrar que a limpeza e a manutenção são relevantes para a saúde e armazenamento da água.

“Em relação à limpeza, ela deve ser periódica. O ideal é seguir as recomendações de cada fabricante, pois assim evitamos o risco de utilizar meios e produtos impróprios. A vela deve ser trocada a cada seis meses ou quando não estiver mais filtrando (saturada). Sua manutenção é simples e não é necessária mão de obra especializada.”

Certificação comprovada

De acordo com o Inmetro, que oferece certificação para os filtros, inclusive os de barro, o consumidor deve observar se o aparelho adquirido ostenta o seu Selo de Identificação da Conformidade no produto e na embalagem.

Os filtros de barro estão categorizados como aparelhos para a melhoria da água por gravidade, assim como os filtros de porcelana, de plástico, jarras filtrantes e bebedouros. O Selo é importante para indicar que os filtros estão em conformidade com as normas técnicas relacionadas, por isso vale conferir na hora da aquisição.

Segundo Paulo Sergio da Silva, gerente industrial da Cerâmica Stéfani, umas das fabricantes líderes no setor, os filtros de barro são 100% confiáveis em relação à pureza da água. “Pode confiar de olhos fechados. Dependendo do modelo, ele pode reter partículas de 0,5 a 1 micron, que corresponde a partículas mil vezes menores que um grão de areia, retém cloro e possui prata coloidal para fazer a esterilização da água.”

Quem tem não troca

Ainda que muitas residências tenham optado pelos filtros mais modernos, quem tem filtro de barro costuma ser fã. A engenheira de alimentos Taisa Ferreira Ferro sempre teve o filtro de barro em casa e todos apreciam. “O custo desses filtros modernos são bem maiores. Para ter água gelada é preciso ligar na tomada e sua manutenção tem que ser feita por profissional certificado pelo fabricante. Já tive um purificador e ainda prefiro o tradicional. O filtro de barro deixa a água fresquinha sem precisar da energia elétrica. É muito mais prático.

Por que ter um filtro de barro?

  • Para armazenar água potável e não gastar energia
  • Para economizar com manutenção
  • Para ter água filtrada de qualidade com baixíssimo custo

 

Imagem: G1


Tags: , ,

Deixe um comentário

Tem de ter a sessão iniciada para publicar um comentário.

Minha Área - 2012 - Todos os direitos reservados.

Hotvia